O pterígio é uma membrana que cresce sobre a córnea (formada de tecido fibrovascular) em direção à pupila. Por esta razão, muitas vezes, é conhecido como  “carne nos olhos”.

 

O pterígio geralmente cresce lentamente ao longo da vida. Com seu crescimento, pode alterar a curvatura da córnea (causando astigmatismo) e em casos avançados, o pterígio pode crescer de tal maneira a cobrir a pupila e reduzir muito a visão.

Trata-se de uma doença que afeta, geralmente, as pessoas que passam muito tempo ao ar livre, expostas ao vento e ao sol, podendo afetar um ou ambos os olhos 

Além de prejudicar a visão, o pterígio pode causar ardência, prurido, vermelhidão, sensação de areia nos olhos, lacrimejamento e fotofobia.

Alguns dos  sintomas do pterígio como ardência, prurido, vermelhidão pode ser controlado com uso de alguns colírios.

No entanto, não há colírios capazes de reduzir o tamanho do pterígio, sendo a cirurgia o único tratamento capaz de curar a doença.

A cirurgia, em geral, é feita com anestesia local, não sendo necessário a realização de anestesia geral.

Atualmente são usadas técnicas que reduzem muito a chance de recidiva da doença após a cirurgia.

Para redução do desconforto, é possível realizar a cirurgia sem a necessidade de pontos ( que aumentam a irritação no pós opereatório). Para isso a cirurgia pode ser realizada com uso de colas especiais, reduzindo o desconforto no pós operatório.

 

Clínica Zottis

Av. Natalino João Brescansin, 1571, Centro, Sorriso - MT

Urgência oftalmológica?
Realizamos encaixes!
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon